Mulher que atraía jacarés com berrante morre em acidente doméstico

Eurides de Fátima Macena de Barros faleceu no sábado (31/7), aos 68 anos de idade, após uma queda acidental

atualizado 02/08/2021 9:35

Maria dos Jacarés toca berrante para jacaréReprodução

Conhecida como Maria do Jacaré, a comerciante Eurides de Fátima Macena de Barros morreu no sábado (31/7), aos 68 anos de idade. Ela sofreu uma queda na casa do filho, em Miranda, no Mato Grosso do Sul.

O apelido Maria do Jacaré veio após Eurides começar tocar um berrante para atrair os animais. A prática teve início na década de 1970. Ela costumava fazer carinho e alimentar os bichos, além de nomeá-los com nomes de jogadores de futebol.

A mulher tinha um bar localizado entre os municípios de Miranda e Corumbá. Viajantes costumavam parar no estabelecimento para assistir a Eurides atraindo os animais com o berrante.

Segundo a filha de Eurides, Mauronéia, a mãe sofreu uma queda na noite de sexta-feira (30/7). Ela foi encaminhada ao Hospital de Aquidauna, onde sofreu uma parada cardíaca.

Com a queda, Eurides ficou com o fígado lesionado e teve uma hemorragia no intestino. Ela chegou a ser encaminhada para uma cirurgia, mas não resistiu e faleceu. As informações são do portal Campo Grande News.

Últimas notícias