Mulher morre após ser atacada por seis pit-bulls em São Paulo

Marli Donegá Tizura foi atacada pelos cachorros ao entrar em residência onde o namorado é caseiro

atualizado 22/07/2021 22:04

Marli Donega, mulher morta após ser atacada por pit-bullsArquivo Pessoal

Na madrugada desta quinta-feira (22/7), uma mulher morreu ao ser atacada por seis cães da raça pit-bull, em uma chácara na zona rural de Birigui (SP). Marli Donegá Tizura, de 53 anos, foi ao local para se encontrar com o namorado, de 59, que é caseiro no local.

De acordo com informações iniciais, os dois voltavam de um encontro e se dirigiram até o imóvel, como faziam aos fins de semana. Os animais, do proprietário da chácara, estavam soltos e avançaram sobre a mulher. Na tentativa de ajudá-la, o caseiro também foi mordido.

O Corpo de Bombeiros foi acionado mas, ao chegar no local, Marli já estava sem vida. O namorado foi encaminhado para o Pronto-Socorro Municipal com múltiplas lesões. Ele segue internado, em estado estável, segundo nota do hospital.

O incidente foi registrado como “morte suspeita” e segue sendo investigado. De acordo com reportagem do UOL, um policial militar afirmou que os animais seguem sob os cuidados do dono, exceto em caso de ordem judicial para recolhimento dos animais.

Marli foi sepultada no fim da tarde desta quinta-feira (22/7) e deixa três filhos.

Mais lidas
Últimas notícias