Mulher isolada em navio com surto de Covid reclama de falta de limpeza

Viviane Cardoso desabafou nessa sexta-feira (31/12) sobre as condições de confinamento em cruzeiro no MSC Splendida, que estava em Santos

atualizado 01/01/2022 11:11

São Paulo – Uma passageira do navio MSC Splendida, que foi interrompido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) devido a um surto de Covid-19, fez um desabafo sobre as condições no cruzeiro durante o isolamento em Santos, no litoral de São Paulo.

Em uma publicação no Facebook nessa sexta-feira (31/12), às 11h40, Viviane Cardoso reclamou da falta de informações e de limpeza nas cabines da embarcação.

“Já são três dias e duas noites confinadas a bordo mesmo testando negativo para Covid-19”, afirmou. “Não temos acesso a nenhuma informação. Não temos ideia do que está acontecendo dentro ou fora do navio”, escreveu a passageira.

0

De acordo com Viviane, os ramais disponibilizados pela MSC Splendida para atendimento estavam sempre ocupados ou não respondiam.

“Quando conseguimos reclamar pelo telefone, parece que o navio está fazendo um favor a você e não ao contrário como deveria ser, afinal cruzeiro é caro”, relatou a passageira.

Falta de comida

A passageira também expressou descontentamento sobre a limpeza e alimentação no cruzeiro.

“Não temos limpeza dentro das cabines, somos nós que recolhemos o lixo e levamos até a porta. Alimentação se não for pedida (ramal sempre ocupado) não está chegando até nós. Quando chega está fria”, disse Viviane.

A reportagem do Metrópoles procurou a MSC Cruzeiros, mas até o momento a empresa não se pronunciou sobre a reclamação.

Mais lidas
Últimas notícias