*
 

Um caso inusitado ocorreu durante um funeral na cidade de Campo Grande (MS). Uma mulher invadiu o velório do marido da confeiteira Dayane Cristina Bernardino para cobrar por doces que não foram entregues, o que resultou, segundo ela, na ruína da festa do filho. Enquanto a cliente falava, uma prima da viúva não se aguentou e partiu para cima dela.

“Estou sem palavras. Tinha pelo menos 10 clientes para aquele dia, e nove delas entenderam, porém, ela não aceitou. A mulher foi tão desumana que entrou filmando. Gravou o caixão do meu esposo dizendo que não tinha nada a ver com a morte do meu esposo”, contou Dayane ao jornal Top Midia News.

No meio do velório, a confeiteira ainda tentou explicar o ocorrido, mas a cliente não aceitou. “Minha ajudante estava comigo, eu iria visitar meu esposo e, depois, finalizaria os doces dela. No meio do trabalho, o hospital me ligou solicitando minha presença. Quando cheguei, o médico disse que meu esposo piorou de uma hora para outra, teve uma parada cardíaca e não conseguiram ressuscitar. Entrei em contato com essa cliente de lá do hospital dizendo que não teria condições de fazer os doces…  Ela foi de uma desumanidade sem igual. Eu perdi meu companheiro, pai dos meus três filhos, não foram doces”, explicou.

Dayane se comprometeu a devolver o dinheiro e a cliente dizia que queria os doces. “Ela deu uma entrada de R$ 200 e quis que eu devolvesse R$ 280 para ir atrás um novo pacote”, contou. Como não aceitou, a mulher foi até o velório. “Ela gritava que eu era irresponsável depois de muitas ofensas por mensagens de WhatsApp e também denegrir minha imagem pelo Facebook”, lamentou. Dayne registrou ocorrência.

 

 

COMENTE

velórioMato Grosso do Sulcampo grandeconfeiteira
comunicar erro à redação

Leia mais: brasil