Mulher fura fila de posto e chama rapaz de macaco ao ser confrontada

De acordo com o registro policial, o crime aconteceu por volta das 13h40. O homem relatou que estava com a moto parada na fila

atualizado 27/02/2021 18:29

Um rapaz de 26 anos foi vítima de ataques racistas enquanto esperava para abastecer a moto em um posto de gasolina do bairro Floramar, na região Norte de BH, na tarde de ontem (26). Incomodado porque a mulher estava tentando furar a fila, o jovem a questionou e ela rebateu com ataques, chamando- o de “macaco”, “negão” e vários outros termos de baixo calão.

De acordo com o registro policial, o crime aconteceu por volta das 13h40. O homem relatou que estava com a moto parada na fila, quando a motorista, que estava em um Chevrolet Ônix prata, chegou e tentou passar na frente. Foi aí que ele a abordou para questionar a atitude e foi recebido com um ataque de injúrias raciais e falta de respeito.

Leia mais no BHAZ, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias