Mulher é mordida por capivara em passeio na Lagoa, no Rio

Vítima de 56 anos foi levada para atendimento no Hospital Municipal Miguel Couto. Ela optou por seguir o tratamento na rede privada de saúde

atualizado 01/03/2022 17:18

mulher é atacada por capivara na lagoa rodrigo de freitas, no rio de janeiro Reprodução

Cristiane Maciel, de 56 anos, foi mordida por uma capivara no início da manhã desse domingo (27/2), enquanto caminhava pela Lagoa Rodrigo de Freitas, zona sul do Rio. O caso ocorreu em um ponto próximo ao Parque dos Patins.

A vítima foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros, às 7h55, e encaminhada ao Hospital Municipal Miguel Couto, no Leblon. O Metrópoles procurou o hospital, cuja direção informou que Cristiane recebeu os cuidados necessários no local.

Após avaliação pelo setor de ortopedia, a equipe médica orientou pelo encaminhamento dela ao Hospital Municipal Lourenço Jorge, referência no tratamento de acidentes com animais silvestres. Cristiane, no entanto, optou por se tratar na rede particular de saúde e deixou o hospital.

As mordidas da capivara teriam sido na perna e no braço da paciente. O Corpo de Bombeiros não soube informar se ela estava sozinha ou caminhava na companhia de alguém. Segundo testemunhas, Cristiane estava com seu cachorro da raça border collie.

Cuidado

Capivaras, por mais fofas e carismáticas que possam parecer, são animais silvestres e, quando acuadas, podem oferecer perigo e reagir com mordidas.

O perfil A Vida no Cerrado, no Twitter, publicou um alerta, nessa segunda-feira (28/2), sobre os cuidados que devem ser tomados com a espécie.

 

Mais lidas
Últimas notícias