Mulher de Queiroz, que está foragida, recebeu os R$ 600 do auxílio

Márcia Oliveira de Aguiar é investigada junto com o ex-assessor por esquema de rachadinha no gabinete de Flávio Bolsonaro

Reprodução/Redes sociais

atualizado 30/06/2020 12:05

A mulher do ex-assessor Fabrício Queiroz, Márcia Oliveira de Aguiar, consta como beneficiária do auxílio emergencial de R$ 600 do governo federal. A informação foi confirmada pelo site Congresso em Foco por meio da busca dos dados dela.

Outros nomes ligados a Fabrício Queiroz também receberam o auxílio como: Débora Melo Fernandes, ex-mulher de Fabrício Queiroz; o ex-marido da atual esposa de Queiroz, Márcio da Silva Gerbatim e o sobrinho de Marcia, Claudionor Gerbatim de Lima.

Já a enteada de Fabrício Queiroz, Evelyn Mayara de Aguiar Gerbatim, chegou a se cadastrar no programa, mas ainda não recebeu nenhuma parcela do benefício.

Todos eles são investigados pelo Ministério Público do Rio de Janeiro no caso das rachadinhas no gabinete do senador Flávio Bolsonaro, quando ele ainda era deputado estadual. De acordo com o MP, Márcia está foragida uma vez que teve a prisão decretada hoje e ainda não foi encontrada pela polícia.

Últimas notícias