Mulher acusa pastor de assédio nos fundos de igreja em Campo Grande

Ela foi limpar um cômodo nos fundos da igreja, a convite do pastor e da esposa dele; o ataque teria ocorrido quando a mulher saiu

atualizado 22/02/2021 13:12

Mulher de 29 anos denunciou um pastor evangélico de 51 anos à Polícia Civil, depois de várias situações de assédio, em uma igreja na rua Triângulo Mineiro, Jardim Macaúbas, em Campo Grande (MS). Ele teria a agarrado e beijado à força, além de enviar fotos do pênis.

Conforme o relato da vítima, o caso ocorreu na tarde de 4 de fevereiro. Ela foi limpar um cômodo nos fundos da igreja, a convite do pastor e da esposa dele. O ataque teria ocorrido assim que a mulher foi ao mercado comprar sabão.

Leia mais em Topmídia News, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias