MPRJ vai investigar denúncias de fura-filas na vacinação do Rio

Segundo o órgão, plataforma de cadastro dos vacinados no estado apresenta erros

atualizado 26/01/2021 20:18

Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) transferiu as funções do Gaecc para o Gaeco, grupo especializado em crime organizado e que atua principalmente contra milícias e narcotraficantesAlziro Xavier/Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ)

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) investigará as denúncias sobre possíveis irregularidades que aconteceram durante a vacinação de grupos prioritários contra a Covid-19.

O MPRJ participou, na última quinta (21/1) e sexta-feira (22/1), de uma operação para combater possíveis irregularidades durante a vacinação de grupos prioritários.

Leia mais em O São Gonçalo, parceiro do Metrópoles.

Mais lidas
Últimas notícias