MP de reformulação dos programas sociais será entregue em agosto

A intenção do governo é unificar outros projetos já existentes, como Bolsa Família e o programa de Aquisição de Alimentos

atualizado 28/07/2021 11:54

Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ministro da Cidadania, João Roma, afirmou, nesta quarta-feira (28/7), que entregará na segunda semana de agosto a medida provisória (MP) de reformulação dos programas sociais.

A intenção do governo é unificar outros projetos já existentes, como Bolsa Família e o programa de Aquisição de Alimentos, com previsão de entrega para novembro, uma vez que o pagamento do auxílio emergencial, que ajuda famílias de baixa renda a se estabilizarem na pandemia da Covid-19, se encerra em outubro.

Apesar de, em ocasiões anteriores, o presidente Jair Bolsonaro ter afirmado o interesse de ampliar os pagamentos do Bolsa Família para R$ 300, o ministro disse que esse valor ainda está sendo discutido.

0

“O presidente falou de aumento de cerca de 50% do valor. Nós pretendemos que chegue a isso. Tudo isso vai depender de entendimento com a área econômica”, afirmou à imprensa nesta manhã, após reunião com o ministro da Economia, Paulo Guedes. “São necessários ajustes com Dataprev e Caixa econômica”, completou Roma.

O ministro informou que o novo programa vai contemplar, aproximadamente, 17 milhões de famílias. Atualmente, cerca de 14,5 milhões são beneficiadas pelo Bolsa Família.

Últimas notícias