Morre jornalista Andrea Fassina, após sofrer infarto aos 52 anos

Apresentadora da TV Justiça tem passagem por grandes veículos de imprensa. Ela faleceu neste sábado (25/6), devido um ataque cardíaco

atualizado 25/06/2022 21:15

mulher em frente ao lago paranoáReprodução/Instagram

A jornalista Andrea Fassina, editora e apresentadora da TV Justiça, morreu neste sábado (25/6), aos 52 anos, após sofrer um infarto.

Andrea integrava a equipe da TV Justiça desde 2019, e atualmente apresentava vários programas, entre eles, o Refrão, focado em receber artistas de destaque na construção da cultura brasileira. Ela também era coordenadora de conteúdo do site Só Notícia Boa, agência nacional que visa a propagação de notícias positivas.

A jornalista tem passagens por veículos em Brasília e São Paulo, como SBT, TV Bandeirantes, Record e GNT. Também trabalhou na rádio CBN e na EBC, além de atuar como colaboradora no Superior Tribunal de Justiça (STJ) e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Publicidade do parceiro Metrópoles
0

Em nota, o Supremo Tribunal Federal (STF) lamentou a morte de Andrea. “Que os amigos e familiares encontrem consolo nas lembranças alegres que viveram ao lado dela. E que o exemplo de positividade deixado por Andrea Fassina nos inspire a ser melhores todos os dias.”

Andrea deixa o marido Rinaldo de Oliveira e uma filha de 21 anos, Lorena. Nas redes sociais, ela recebeu homenagens. A jornalista foi definida como uma mulher “cheia de luz” e uma “pessoa exemplar”.

Ainda não foram divulgadas informações sobre o velório da jornalista.

A emissora publicou uma homenagem:

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Mais lidas
Últimas notícias