Morre Ernane Galvêas, ministro da Fazenda no governo João Figueiredo

Aos 99 anos, ele estava internado no Hospital Samaritano, em Botafogo, no Rio de Janeiro, para tratar de um câncer na garganta

atualizado 23/06/2022 23:33

Divulgação

O economista Ernane Galvêas, que foi ministro da Fazenda no governo João Figueiredo, morreu na noite desta quinta-feira (23/6), aos 99 anos, no Hospital Samaritano, em Botafogo, na zona sul do Rio de Janeiro, onde estava internado para tratar de um câncer na garganta.

O ex-ministro era casado com Léia dos Santos Galveias, com quem teve dois filhos.

Capixaba de Cachoeiro do Itapemirim, Galvêas nasceu em 1º de outubro de 1922. Assumiu o Ministério da Fazenda em janeiro de 1980 e ficou no cargo até o fim da ditadura militar, saindo com a chegada de José Sarney à Presidência da República.

Galvêas também presidiu o Banco Central entre 1968 e 1974 e de 1979 a 1980. A partir de 1991, passou a ocupar o cargo de consultor econômico da Confederação Nacional de Comércio (CNC).

Ernane Galvêas também foi professor universitário na Faculdade de Ciências Econômicas da Guanabara, e na Faculdade de Economia e Finanças do Rio de Janeiro.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Mais lidas
Últimas notícias