Morre, em Brasília, o fotógrafo Roosewelt Pinheiro

Profissional atuou na Agência Brasil e nos jornais A Crítica, A Notícia, O Jornal, Diário da Tarde, Diário de Brasília e Correio do Planalto

atualizado 06/03/2021 22:04

O fotógrafo Roosewelt Pinheiro morreu neste sábado (6/3), aos 76 anos, em Brasília. A informação foi confirmada pela neta Jeisyane Silva.

Roose, como muitos o chamavam, nasceu em Manaus. Filho de seringueiros, criou sozinho os filhos e, depois, virou pai dos netos.

Trabalhou na Empresa Brasil de Comunicação (EBC), que ainda se chamava EBN quando o fotógrafo foi contratado, em 1982.

Deixou suas marcas na Agência Brasil, onde era querido por todos, e também nos jornais A Crítica, A Notícia, O Jornal, Diário da Tarde, Diário de Brasília, Correio do Planalto e Jornal de Brasília.

Há alguns anos, teve um acidente vascular cerebral (AVC) que o impediu de voltar à ativa.

O velório de Roosewelt Pinheiro está marcado para este domingo (7/3), no Templo Ecumênico 2 do Cemitério Campo da Esperança, a partir das 10h.

Últimas notícias