Moro manda PF ao Rio Grande do Norte para combate a facções

O principal trabalho dos agentes é promover o processo de atuação integrada entre os órgãos do Sistema Único de Segurança Pública

Hugo Barreto/MetrópolesHugo Barreto/Metrópoles

atualizado 14/01/2020 11:29

O ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sergio Moro, determinou que agentes da Polícia Federal ajudem a Secretaria de Segurança Pública do Rio Grande do Norte no combate a facções criminosas.

A Coordenação-Geral de Combate ao Crime Organizado da Diretoria de Operações da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública indicará um gerente de operações local para costurar as ações.

A portaria que determina o uso da PF foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira (14/01/2020).

O principal trabalho dos agentes é promover o processo de atuação integrada entre os órgãos do Sistema Único de Segurança Pública (SUSP) e os de fiscalização e controle envolvidos na operação.

“A operação terá o apoio logístico do órgão demandante, que deverá dispor da infraestrutura necessária aos servidores mobilizados da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública”, escreveu Moro.

O contingente a ser disponibilizado obedecerá ao planejamento definido pela Coordenação-Geral de Combate ao Crime Organizado da Diretoria de Operações da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Veja a íntegra da portaria:

Reprodução/DOU

SOBRE O AUTOR
Otávio Augusto

Formado em jornalismo pelo Centro Universitário ICESP. Trabalhou nos jornais Alô Brasília e Correio Braziliense, onde passou pelas editorias de Cidades, Política e Brasil. Foi setorista de Saúde por dois anos. Tem interesse pelos temas de direitos humanos e meio ambiente, além de política e economia. No seu tempo livre, aprecia esportes, como corridas ao ar livre. É repórter do Metrópoles desde fevereiro de 2019.

Últimas notícias