Menina de 15 anos morre e família denuncia suposto estupro coletivo

O caso ocorreu nesta segunda (10/5), no Pará. Colega da vítima seria o principal envolvido no crime

atualizado 12/05/2021 0:24

A família de uma adolescente de 15 anos, morta nesta segunda-feira (10/5), no Pará, denunciou à polícia que ela foi estuprada em Ananindeua, região metropolitana de Belém. A vítima morreu na Unidade de Pronto Atendimento da Cidade Nova, segundo relato no boletim de ocorrência.

Segundo parentes da vítima, há indícios de que ela teria sido vítima de estupro coletivo na casa de um adolescente, que seria o principal envolvido no crime. O suspeito, inicialmente, disse que a garota havia se machucado, no entanto exames médicos constataram suspeitas de estupro.

Jornais locais ainda apontaram que ele chegou a ligar para a família da adolescente e dizer que ela estava convulsionando após ter caído e batido forte a cabeça no chão. “O médico disse que ela nunca havia tido uma convulsão e não tinham marcas de baque na cabeça. Então, tudo indica que ela foi estuprada de forma violenta e morta”, relatou Estér Reis, 34 anos, tia da adolescente, ao jornal O Liberal.

Nesta terça-feira (11), o secretário de Segurança Pública (Segup), Ualame Machado, divulgou que o adolescente já foi apreendido.

Últimas notícias