metropoles.com

Maquiadora é encontrada morta dentro de casa em GO; marido é suspeito

O corpo de Tayná Pinheiro, de 26 anos, estava com duas perfurações nas costas. Feminicídio teria ocorrido após discussão com o marido

atualizado

Compartilhar notícia

Reprodução/Redes Sociais
maquiadora tayná pinheiro, encontrada morta dentro de casa em anápolis, goiás
1 de 1 maquiadora tayná pinheiro, encontrada morta dentro de casa em anápolis, goiás - Foto: Reprodução/Redes Sociais

Goiânia – A maquiadora Tayná Pinheiro, de 26 anos, foi encontrada morta no domingo (6/3), dentro de casa em Anápolis (GO), a 55 Km da capital goiana. A família suspeita que ela tenha sido assassinada pelo próprio companheiro, após uma discussão.

Tayná estava em um dos cômodos do apartamento, com duas marcas de perfuração nas costas. O marido, identificado como Israel Rodrigues, de 28 anos, havia deixado o local por volta das 7h30, após chamar um motorista de aplicativo. A polícia procura o suspeito, que permanece desaparecido.

3 imagens
Familiares suspeitam que o marido de Tayná a matou, após discussão
Juntos, Tayná e o marido têm uma filha pequena
1 de 3

Com duas perfurações nas costas, Tayná foi encontrada em um dos cômodos do apartamento onde morava

Reprodução/Redes Sociais
2 de 3

Familiares suspeitam que o marido de Tayná a matou, após discussão

Reprodução/Redes Sociais
3 de 3

Juntos, Tayná e o marido têm uma filha pequena

A Polícia Militar foi acionada pelo porteiro do prédio, após uma irmã de Israel alertá-lo. Ela ligou na portaria, preocupada, e pedindo para que alguém fosse checar, pois sabia que o casal havia brigado durante a noite. Ela não conseguiu estabelecer contato com nenhum dos dois.

Conforme a ocorrência policial, o corpo de Tayná foi encontrado deitado, sem sinais de vida e com as duas perfurações. Um detalhe chamou a atenção da investigação: o local estava limpo, apenas com algumas gotas de sangue no chão.

Existe a possibilidade de que ela não tenha sido morta no local, mas, sim, levada e deixada lá. Agentes da Polícia Civil e da Polícia Técnico-Científica (PTC) foram ao apartamento para fazer a perícia. Tayná e Israel têm uma filha pequena juntos.

De acordo com a ocorrência policial, ele possui passagens criminais e já teria utilizado monitoramento eletrônico.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?