Mais jovem vítima do coronavírus no Rio era ambulante

Creuza Fernandes, de 32 anos, morreu no último dia 17, mas o resultado para a Covid-19 só foi confirmado nessa segunda-feira

atualizado 31/03/2020 10:22

Creuza Fernandes, mais jovem vítima do coronavírus no RioArquivo pessoal

Moradora de Rio Bonito (RJ), a 18ª vítima do novo coronavírus no Rio de Janeiro foi identificada como Creuza Fernandes, de 32 anos, a mais jovem vítima da doença no estado. A morte dela foi informada pela Secretaria de Saúde nessa segunda-feira (30/03).

Em entrevista ao portal G1, um familiar da vítima, que não quis ser identificado, contou que Creuza trabalhava como vendedora ambulante na rodoviária.

“Me preocupo, porque fico pensando que ela vendia muito na rodoviária e teve contato com muitas pessoas”, disse.

Creuza morreu no último dia 17. “Cheguei lá e ela estava isolada, o médico disse que o quadro dela tinha se agravado e que ela tinha poucas horas de vida”, completou.

O resultado do teste para coronavírus só foi conhecido nessa segunda-feira (30/03). A mulher teve crises de bronquite durante a infância, relatou o familiar, ao negar que a vítima tinha tuberculose.

Últimas notícias