*
 

Uma mãe denunciou o companheiro por abusar sexualmente da filha, de 12 anos. O homem, 61, foi gravado acariciando as partes íntimas da adolescente. A mulher já suspeitava do caso e registrou ocorrência na terça-feira (13/2), em Aparecida de Goiânia (GO).

Ao ser questionado pela esposa, o idoso classificou os abusos como um “vacilo”. De acordo com a delegada que cuida do caso, Ilda Helbingen, a mãe começou a desconfiar do padrasto depois que ele passou a presentear a vítima, coisa que não fazia com os outros quatro filhos.

A mulher, então, escondeu um celular em um dos quartos da casa em que a família vivia e fez o flagrante. À delegada, antes de ver as imagens, ela disse que suspeitava do companheiro, que já era um homem “de idade”. Ao retornar para casa e olhar o celular, confirmou os atos libidinosos.

Reprodução/TV Anhanguera

Quando perguntou para a filha, a menina disse que os abusos aconteciam “há muito tempo”, mas não soube dizer exatamente quando começaram. A mulher expulsou o homem da casa onde moravam.  Ele ainda não foi preso. O padastro vai responder por estupro de vulnerável.

 

 

COMENTE

Abuso sexualidosoAparecida Goiania
comunicar erro à redação

Leia mais: Brasil