Mãe da namorada de Rafael Miguel desabafa: “Não quero mais viver”

Vanessa Tibcherani relatou ainda que sofria violência doméstica em casa e que vai fazer de tudo para que o marido seja preso

atualizado 13/06/2019 9:12

A mãe de Isabela, namorada do ator Rafael Miguel, que foi morto a tiros com os pais pelo comerciante Paulo Cupertino Matias, desabafou sobre o assassinato cometido pelo marido. Em entrevista ao Cidade Alerta, da Record TV, Vanessa Tibcherani, disse que “não tem mais vontade de viver” e relatou episódios de violência doméstica.

“Ele já me agrediu algumas vezes, quebrou a minha costela e deixou o meu rosto desfigurado. Há 21 anos sou espancada (por Paulo Cupertino). Não tenho mais vontade de viver. Não temo por mim, temo pela vida dos meus filhos, pela vida das pessoas que nos abrigam”, contou a mulher. Vanessa está escondida na casa de amigos no Rio de Janeiro com medo do marido.

Ainda durante o programa jornalístico, Vanessa falou com a filha por telefone e desmentiu que as duas teriam brigado. “Vai ficar tudo bem. Obrigado por tudo”, disse Isabela. “Eu quero que minha filha saiba que o tiver ao meu alcance e o que eu puder para que ele seja preso, eu vou fazer, em qualquer circunstância”, afirmou Vanessa.

Apesar de ainda muito abalada, Isabela afirmou que foi ao cemitério nessa quarta-feira (13/06/2019) e colocou flores no túmulo de Rafael Miguel e dos pais.

O crime
Segundo o depoimento de Vanessa à polícia, Paulo chegou em casa perguntando por Isabela. Sem saber do paradeiro da jovem, a mãe procurou a menina, mas não a encontrou. O homem, então, deixou a residência acompanhado do filho mais novo.

A depoente teria tentando ligar para Isabela, mas não conseguiu. Depois, telefonou para o genro. A mãe do ator teria atendido dizendo que o filho havia saído para se encontrar com a namorada. “Depois, a Mirian (mãe de Rafael) retornou avisando que estava chegando com seu marido, o Rafael e a Isabela para conversar sobre o namoro deles”, explicou.

Neste meio tempo, o pai de Isabela voltou e ficou na sala. Quando viu o carro da família de Rafael, foi até o portão, puxou Isabela pelo braço e ordenou que ela entrasse em casa. Ainda conforme o relato de Vanessa, o marido teria ido até Rafael e perguntado: “Por que você não falou comigo antes?”. Rapidamente, Paulo sacou a arma e efetuou os disparos. Depois, fugiu. A mulher contou que sua filha e ela tentaram socorrê-los, sem sucesso.

Últimas notícias