Lula, Doria, Ciro e Eduardo Leite lamentam morte do ator Paulo Gustavo

O artista de 42 anos lutava contra as complicações da doença causada pelo novo coronavírus. Ele não resistiu e faleceu nesta terça

atualizado 04/05/2021 23:07

Paulo GustavoReprodução

Políticos, independentemente de bandeira partidária, lamentaram a morte do ator Paulo Gustavo, na noite desta terça-feira (4/5). O artista de 42 anos foi mais uma vítima da Covid-19.

Paulo Gustavo lutava contra as complicações da doença causada pelo novo coronavírus. Ele deixa o marido, Thales Bretas, e dois filhos, Romeu e Gael, de 1 ano. A família ainda não divulgou informações sobre o sepultamento.

O ex-presidente Lula usou o Twitter para dizer que recebeu a notícia com muita tristeza.

Já o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), avaliou que o país perdeu um dos maiores nomes do showbiz do Brasil na última década.

O deputado Rodrigo Maia (DEM- RJ) também lamentou a perda do artista.

O PT fez um post em homenagem ao comediante.

0

Os governadores Rui Costa (PT – BA) e Eduardo Leite (PSDB-RS) também lamentaram a morte.

O senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) e filho do Presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), comentou sobre a morte do artista.

O político Ciro Gomes disse que Paulo Gustavo será sempre lembrado por sua alegria e sua arte.

A deputada Talíria Petrone (Psol- RJ) disse que com a notícia o dia termina ainda mais triste.

Os presidentes da Câmara dos Deputados Arthur Lira e do Senado Rodrigo Pacheco manifestaram solidariedade.

Rodrigo Pacheco
Rodrigo Pacheco

Manuela Davila também usou as redes sociais.

Últimas notícias