Justiça: hospital deverá pagar tratamento de bebê que caiu no chão

A liminar determina que a maternidade arque com os custos médicos de tratamentos e procedimentos envolvendo a recém-nascida

atualizado 24/05/2022 14:45

Sofia Feldman/Divulgação

A Justiça concedeu, nessa segunda-feira (23/5), uma liminar a favor da família da bebê que sofreu traumatismo craniano após cair durante parto do Hospital Maternidade Sofia Feldman, no bairro Tupi, na região Norte de Belo Horizonte. O texto determina que a unidade de saúde arque com os custos médicos de tratamentos e procedimentos envolvendo a recém-nascida.

Segundo a liminar, o hospital deverá realizar tratamento médico, cirúrgico e psicológico quando necessário, bem como “procedimentos ambulatoriais, cirúrgicos ou clínicos em seu próprio estabelecimento ou em hospital público ou privado” sob pena de multa diária de R$ 5 mil a R$ 500 mil.

Leia mais no portal BHAZ, parceiro do Metrópoles.

Mais lidas
Últimas notícias