Jovem sofre queimaduras de 3º grau após explosão de celular

Vítima trabalhava no Lava Jato e foi colocar o celular para carregar, mas o aparelho explodiu

atualizado 03/10/2021 14:35

Corpo de Bombeiros/Divulgação

Um jovem de 17 anos ficou gravemente ferido, com queimaduras de 1º, 2º e 3º grau, em um incêndio causado pela explosão de um celular no carregador. O caso aconteceu em Blumenau, Santa Catarina, nesse sábado (2/10).

Segundo uma testemunha que estava no local, o adolescente trabalhava no Lava Jato e foi colocar o celular para carregar, mas o aparelho explodiu ao ser inserido na tomada e as chamas se alastraram.

Leia mais em Bahia Notícias, parceiro do Metrópoles.

 

Últimas notícias