Jovem que foi dopada em rodeio recebe mesma assistência que influencer

Projeto que atua no caso de Franciane Andrade passa atender Bruna Santana, que alega ter sido dopada no Jaguariúna Rodeo Festival

atualizado 09/12/2021 11:56

Projeto que atua no caso de Franciane Andrade passa atender também Bruna SantanaReprodução

São Paulo – O projeto Justiceiras passou nessa terça-feira (7/12) a atender Bruna Parvo Santana, de 22 anos, que denunciou ter sido dopada no sábado (4/12), ao participar do Jaguariúna Rodeo Festival, no interior de São Paulo.

A jovem está recebendo atendimento psicológico e orientações iniciais para que seu caso seja levado à Justiça.

Desde que a influenciadora digital Franciane Andrade falou publicamente sobre ter sido estuprada no festival sertanejo, o projeto vem recebendo mais denúncias similares e está reunindo informações a respeito dos casos para defender as vítimas na Justiça.

0

O Metrópoles procurou a organização do Jaguariúna Rodeo Festival, mas até o momento o evento não se posicionou a respeito da denúncia da jovem, que relata ter sido possivelmente dopada na festa.

Dopada

Bruna Parvo Santana, de 22 anos, afirmou em seu Instagram na segunda-feira (6/12) que não se lembra “de nada” e que aguardava resultados de exames. “Eu supostamente fui dopada no evento de Jaguariúna e perdi a consciência”, escreveu.

A jovem contou ter sido encontrada no estacionamento e ajudada por um casal. “A polícia recusou atendimento. Só esperava outro tratamento das autoridades presentes e do rodeio”, disse.

Simone Parvo, mãe de Bruna, também reproduziu os posts denunciando a violência que a filha teria sofrido no rodeio.

“Infelizmente não escolhemos passar por certas situações. Eu não escolhi estar inconsciente. Eu não escolhi viver essa situação. Eu só precisava de ajuda independente do motivo. Tanto do Jaguariúna Rodeo Festival quanto do policiamento presente no local, e ambos fecharam os olhos”, afirmou.

Estupro no Rodeio

A última publicação de Bruna foi compartilhada pela influenciadora digital Franciane Andrade, 23 anos. “Mais uma vítima sábado (4/12) até quando vai acontecer? Jaguariúna Rodeo Festival, vergonha. Bruna, sinto muito”, escreveu Franciane.

De acordo com Franciane, um exame médico constatou que ela foi estuprada, dopada e sofreu lesões no rodeio de Jaguariúna, no interior de São Paulo, no  domingo (28/11).

De acordo com ela, ficou constatado no resultado do teste a ingestão da droga conhecida como “boa noite, Cinderela”, famosa por fazer as vítimas perderem a consciência.

Mais lidas
Últimas notícias