Jovem dorme com gerador ligado durante apagão e é achado morto no Amapá

Testemunhas afirmaram que Jehoash Monteiro descansou na empresa para ter eletricidade, já que o estado sofre sem energia desde o dia 3

atualizado 11/11/2020 15:21

Jovem encontrado morto no AmapáArquivo Pessoal

A Polícia Civil do Amapá investiga a morte do jovem Jehoash Vitor Monteiro (foto em destaque), de 24 anos, encontrado morto em 6 de novembro, em Porto Grande, a 102km de Macapá. A suspeita é de que o técnico em informática tenha morrido asfixiado após inalar monóxido de carbono de um gerador de energia enquanto dormia na empresa onde trabalha.

Testemunhas afirmaram que Jehoash dormiu na empresa para ter energia com o gerador movido a óleo diesel, já que o estado está sem eletricidade desde o dia 3 de novembro.

A suspeita da inalação de monóxido de carbono é sustentada também por não haver indícios de violência no corpo da vítima e sinais de arrombamento no imóvel, segundo informações do Uol. O corpo do jovem foi encontrado por outro funcionário do local em uma sala sem entradas de ventilação e com o gerador ligado.

A empresa onde Jehoash trabalhava, a Webflash, fornece internet banda larga em Porto Grande. Ele era o supervisor do serviço na cidade e tinha acesso ao imóvel. Em nota, o estabelecimento informou que as circunstâncias estão sendo apuradas pela Polícia Civil e que “informações não oficiais atentam contra o sentimento da família e dos colegas de trabalho”.

Últimas notícias