Jovem descobre gravidez na hora do parto; avô é suspeito de estupro

A menina contou que era estuprada desde os 12 anos e escondeu por dois anos o crime, por medo das ameaças que sofria

atualizado 25/11/2020 18:30

Uma garota de 14 anos descobriu a própria gravidez na hora do parto, ao procurar atendimento médico em uma unidade hospitalar de Teresina (PI), no último dia 13 de novembro. O principal suspeito do crime é o avô paterno da jovem, que não foi localizado após a denúncia.

A gravidez foi descoberta quando a menina sentiu fortes dores na barriga e foi até o hospital. Ao chegar no local, a enfermeira suspeitou de uma gestação e a  encaminhou para a Maternidade Dona Evangelina Rosa, onde a jovem deu à luz uma criança.

A menina contou que era estuprada desde os 12 anos. Ela escondeu por dois anos o crime, por medo das ameaças que sofria.

A mãe da vítima relatou que, assim que se separou do marido, a filha foi morar com o pai e com os avós paternos. A jovem contou à mãe que, quando ficava sozinha com o avô, era estuprada.

“É um desespero grande, porque a gente não imagina que o próprio avô vai fazer uma coisa dessas com a neta. Ela dizia: ‘vô, não faça isso, sou sua neta’ e ele fazia quando o pai dela saía e a esposa dele ia trabalhar”, disse a mãe ao G1. 

Investigação

A conselheira tutelar Renata Bezerra está no comando das investigações. Ela contou que a mãe da menina ainda não foi ouvida sobre a história.

A Secretaria de Segurança Pública informou que não pode se posicionar sobre o caso, por se tratar de investigação envolvendo uma menor de idade, seguindo o caso em segredo de Justiça.

0

Últimas notícias