Jornalista é assassinado a tiros na porta de casa em Maricá (RJ)

Robson Giorno era pré-candidato à prefeitura do município da região metropolitana do Rio de Janeiro

Reprodução FacebookReprodução Facebook

atualizado 26/05/2019 9:44

Pré-candidato à prefeitura de Maricá, região metropolitana do Rio de Janeiro, o jornalista e empresário Robson Giorno foi assassinado a tiros na noite de sábado (25/05/2019). O caso é investigado pela Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI).

Segundo a Polícia Militar, o jornalista chegava à sua casa a pé quando um carro de cor prata passou em frente ao imóvel e parou. Em seguida, o atirador abriu fogo contra a vítima. No início da madrugada deste domingo (26/05/2019), policiais civis foram ao local do crime para a perícia. Ainda não há suspeitas para as causas do assassinato. Robson era dono do jornal O Maricá.

Filiado ao Avante, o jornalista disse que seria candidato nas eleições municipais de 2020. “Meu objetivo é fazer uma cidade mais igual para todos”, pontuava, ao justificar a candidatura.

A Prefeitura de Maricá lamentou o caso. “Esperamos que as investigações conduzam rapidamente à identificação e punição dos responsáveis. Assim como reiteramos nosso compromisso com a liberdade de imprensa e de expressão, repudiamos também qualquer ato de violência”, destaca o texto.

A família de Giorno prestou depoimento. Na saída da delegacia, os parentes da vítima não deram declarações à imprensa.

Últimas notícias