Jefferson ataca ministra por voto contra Jovem Pan: “Carmem Lúcifer”

Ex-deputado federal está em prisão domiciliar e usou Twitter da filha, também ex-deputada federal Cristiane Brasil

atualizado 21/10/2022 21:26

roberto jefferson ataca ministra carmen lucia Twitter/Reprodução

O ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB), em prisão domiciliar, utilizou as redes sociais da filha, a também ex-deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ), para fazer uma série de ofensas à ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

“Eu estou indignado. Não consigo. Fui rever o voto da Bruxa de Blair, da Carmem Lúcifer, na censura prévia à Jovem Pan, olhei de novo, não dá para acreditar”, começa Jefferson. Em seguida, ele faz uma série de ofensas à honra da ministra.

O ex-presidente do PTB atacou a magistrada por seu voto favorável à punição da emissora Jovem Pan por declarações contrárias ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O plenário do TSE considerou as falas distorcidas ou ofensivas por placar de 4 a 3.

Cármen Lúcia votou com o relator e presidente da corte, Alexandre de Moraes. Também acompanharam os ministros Ricardo Lewandowski e Benedito Gonçalves.

Procurados pela reportagem, o STF e o TSE informaram que não vão se pronunciar.

Veja o vídeo:

Mais lidas
Últimas notícias