Inocente consegue indenização de R$ 30 mil após um ano preso em Mato Grosso

Homem foi acusado indevidamente de ter participado de um assassinato em Tangará da Serra (MT)

atualizado 09/02/2021 16:40

Mulher juíza batendo o marteloReprodução/ FreePik

O Governo de Mato Grosso foi condenado a indenizar em R$ 30 mil um homem preso pela Polícia Civil, acusado de participar de um assassinato. O crime, cometido em Tangará da Serra, localizado a 185 km de Cuiabá, não foi de autoria dele.

A indenização por danos morais foi determinada pela Segunda Câmara de Direito Público e Coletivo do Tribunal de Justiça de Mato Grosso. Anteriormente, o juízo da 4ª Vara Cível de Tangará da Serra havia julgado o pedido improcedente.

Leia mais em O Livre, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias