Índice de testes positivos de Covid vai de 8,4% a 13% em três semanas

Análise do Instituto Todos pela Saúde (ITpS) foi realizada com base em 195.123 testes moleculares. SP tem o maior percentual, chegando a 14%

atualizado 06/05/2022 18:53

enfermeira usa luvas azuis máscara e roupa de proteção para manusear um teste de covid Getty Images

O índice de testes positivos de Covid-19 no Brasil passou de 8,4% na semana de 10 a 16 de abril para 13% na semana de 24 a 30 do mesmo mês. A análise é do Instituto Todos pela Saúde (ITpS) com base em 195.123 testes moleculares realizados por laboratórios parceiros entre 1º de fevereiro a 30 de abril de 2022.

As regiões Sudeste e Centro-Oeste concentram 95% das amostras coletadas. Entre os estados analisados, São Paulo tem o maior percentual de positividade, chegando a 14%. A taxa vem crescendo desde a semana de 26 de março, quando foi registrada a menor positividade, de 4%. Em segundo lugar, está o Rio de Janeiro, com 11%.

Examinando as faixas etárias, o maior percentual de testes positivos é de adultos de 50 a 59 anos (17%) e o menor, em crianças de até 9 anos (5%). Em relação ao Vírus Sincicial Respiratório (VSR), a taxa de positividade caiu de 21% para 17%, mas segue em patamar elevado. As crianças são as mais infectadas pelo VSR.

Alta nas mortes por Covid-19

O Brasil registrou 195 mortes provocadas pela Covid-19 nas últimas 24 horas. A média móvel de óbitos está em 97. O número apresenta estabilidade, com variação de 1% em relação ao verificado há 14 dias.

O país teve 19.725 casos positivos da doença nesta sexta-feira (6/5), totalizando 30.543.908 acumulados desde o início da pandemia. No total, o Brasil já perdeu 664.091 vidas para o coronavírus.

Os dados são do mais recente balanço divulgado pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). Devido ao tempo de incubação do novo coronavírus, adotou-se a recomendação de especialistas para que a média móvel do dia seja comparada à de duas semanas atrás.

Mais lidas
Últimas notícias