Google seleciona Metrópoles para aporte de recursos na pandemia

A empresa lançou um fundo para incentivar plataformas jornalísticas que prestam um serviço relevante de informação em suas comunidades

atualizado 25/06/2020 16:22

Igo Estrela/Metrópoles

O Google selecionou o Metrópoles para participar de uma iniciativa inédita. A gigante de tecnologia lançou um fundo para aportar recursos em plataformas jornalísticas que prestam um serviço relevante de informação em suas comunidades.

A partir do Journalism Emergency Relief Fund (Fundo Global de Emergência para Jornalismo, em português), a multinacional reservou milhões de reais para incentivar a elaboração de conteúdo jornalístico em meio à pandemia, período de instabilidade econômica e sanitária no qual as pessoas dependem de informações para se proteger e tomar decisões.

Para destinar seus recursos, o Google promoveu uma rigorosa seleção amparada em critérios como tamanho da empresa de comunicação, audiência, repercussão do veículo entre os leitores, credibilidade, periodicidade e quantidade de produção.

O Metrópoles publica cerca de 280 matérias por dia. Em média, 3,5 milhões de pessoas consultam 10 milhões de vezes as páginas da plataforma especialmente a partir de seus celulares. Segundo os dados mais recentes da Comscore, o site é o 5º portal de notícias mais lido do país.

Projeto inovador

Nesta semana, o Metrópoles também iniciou a publicação contínua de notícias em um novo formato, o Web Stories. O modelo disponibilizado pelo Google, parceiro do Metrópoles na produção do material, se assemelha ao de outras redes sociais, como o Instagram e o SnapChat.

A configuração permite narrativas mais dinâmicas e criativas, a partir de vídeos, animações, gifs, áudios, texto e infográficos. O Metrópoles publicará, cinco dias por semana, conteúdos no padrão Web Stories.

Temas atemporais e perenes serão priorizados no novo projeto, como saúde, gastronomia, entretenimento, turismo, beleza, comportamento. O leitor poderá encontrar as matérias na capa do Metrópoles e em nossas redes sociais .

Últimas notícias