Idosa é resgatada após viver 60 anos em situação análoga à escravidão

As equipes do MP só descobriram o crime após denúncia que dizia que uma empregada doméstica estava em trabalho análogo à escravidão em Minas

atualizado 23/06/2021 14:06

MPT-MG/Divulgação

Quatro trabalhadores rurais – entre eles, uma idosa de 83 anos – foram resgatados em uma fazenda no interior de Minas Gerais em condições análogas às de escravo.

As vítimas trabalhavam na Fazenda Palmeiras, que fica na zona rural da cidade Rio Vermelho, na região central do estado.

Segundo o Ministério Público do Trabalho de Minas Gerais (MPT-MG), entre os resgatados está uma idosa de 83 anos, que trabalhou na fazenda por mais de 60 anos sem remuneração e nenhum direito trabalhista, como descanso semanal ou férias.

Leia mais em BHAZ, parceiro do Metrópoles.

Mais lidas
Últimas notícias