Homem que vendia ossadas de cadáveres enterrados em cemitério é preso

O homem estava com um crânio e dois ossos que seriam entregues a um possível comprador

atualizado 30/10/2020 12:01

Reprodução/Google Street View

Policiais civis da 31ª DP (Ricardo de Albuquerque) prenderam em flagrante, nesta quinta-feira (29/10), um homem que comercializava ossadas de cadáveres enterrados no cemitério de Ricardo de Albuquerque, na zona norte do Rio. Ele foi autuado pelo crime de vilipêndio de cadáveres.

A equipe da delegacia investigava a comercialização de ossadas no cemitério e vigiou o local durante as noites, nesta semana. Na quarta-feira (28/10), por volta das 18h, os agentes flagraram o ato e prenderam o suspeito.

Leia mais em O São Gonçalo, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias