Homem libera reféns em bar na Lapa, centro do Rio, e é preso

O agressor chegou a ter sete pessoas dominadas, mas foi liberando-as de uma em uma. O incidente acabou por volta das 22h50. Ninguém se feriu

atualizado 29/11/2019 23:02

Reprodução

O homem que manteve reféns em um bar na Lapa, no centro do Rio, por cerca de oito horas, desde pouco depois das 14h desta sexta-feira (29/11/2019), soltou os dois últimos por volta de 22h40. Em seguida, policiais militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope) entraram no local e prenderam o homem, que seria um ambulante, identificado apenas pelo primeiro nome, Danilo.

A ação ocorreu na rua do Resende, altura da Avenida Mem de Sá. De acordo com o Centro de Operações Rio (COR), da prefeitura, a via foi bloqueada para a ação dos militares.

Segundo o porta-voz da Polícia Militar, coronel Mauro Fliess, o homem chegou a manter sete reféns num imóvel. Ele estaria armado com uma faca. Ainda não há detalhes sobre a motivação do crime.

O cerco policial contou com a participação de militares do Batalhão de Operações Especiais e de atiradores de elite, além do Corpo de Bombeiros. As equipes passaram cerca de oito horas negociando com o suspeito.

A Empresa Brasil de Comunicação (EBC) confirmou que três dos que foram feitos reféns são funcionários da empresa, cuja sede fica próxima ao bar.

Em nota, a EBC informou que “na tarde desta sexta-feira (29), um homem invadiu um estabelecimento comercial localizado na Lapa, no Rio de Janeiro, onde manteve reféns. Três deles são empregados da EBC, sendo um já libertado pelos órgãos de polícia que atuam no local”.

O comunicado diz ainda que “a direção da empresa e os gestores da Regional Rio de Janeiro estão monitorando a situação de perto e prestando todo o apoio necessário, inclusive jurídico, aos empregados e seus familiares”. (Com Agência Estado e Agência Brasil)

Últimas notícias