*
 

Um projeto concebido há mais de 10 anos finalmente está sendo posto em prática pelo designer alemão Hans Donner, que faz aberturas de novelas há décadas. A ação sugere a modificação da bandeira brasileira e deve ser levada ao Congresso. Donner fez o anúncio na quinta-feira (9/11), durante o Fórum do Amanhã, evento que acontece em Tiradentes (MG).

O ideia, segundo o designer, deve mostrar uma nova visão do Brasil, redefinindo a frase tradicional no pendão com a inserção da palavra “amor” antes de “Ordem e Progresso”. O arco branco no qual as palavras estão escritas devem mudar, pois é invertido para baixo. Com a ideia, o arco será voltado para cima. Isso porque, para Donner, a “frase que sobe tem poder”. “Queremos sinalizar esse poder, essa mudança que é necessária. Como está, a frase indica inferioridade”, declara. Além disso, fala-se sobre o uso das cores verde e amarelo em degradê.

Sobre a nova palavra na frase do estandarte. Eduardo Rombauer, um dos organizadores do evento, afirma que o amor é o ponto de partida das pessoas, sendo o princípio que faltava para se alcançar o progresso.

O Fórum do Amanhã, cujo objetivo é apresentar sugestões para a melhoria do país, segundo os organizadores, é cívico, não tendo partidos nem ideologias. “Queremos atualizar a nossa bandeira para que reflita uma nova visão de país e a crença num futuro melhor. Para gerar um sentimento mais positivo. Vamos começar por aí a resgatar a solidariedade que não pode faltar num símbolo da nação”, diz o fórum. A ideia só chegará ao Congresso, no entanto, depois de atingir 100 mil assinaturas.

 

 

COMENTE

Congressoprojetohans donnerbandeira nacional
comunicar erro à redação