*
 

Uma jovem grávida morreu momentos após ser atendida na Santa Casa de São Roque, interior de São Paulo. O bebê também não sobreviveu. Segundo informações do boletim de ocorrência, Bruna Pires, 28 anos, deu entrada no hospital sentindo várias dores. Após ser atendida pelo médico plantonista, a mulher recebeu alta.

Ao chegar em casa, Bruna dormiu um pouco, mas acordou sentindo dores. O noivo, segundo o UOL, afirmou que ela espumava e estava pálida. Além disso, havia líquido saindo da vagina e sangue escorria pela boca da jovem.

O marido chamou o Samu, que a levou para o hospital. Trinta minutos depois, a médica informou a morte da jovem e do bebê. Segundo a Santa Casa de São Roque, Bruna teve aneurisma da aorta abdominal, que costuma ocorrer em homens e mulheres com mais de 50 anos.

“A maioria dos casos é silenciosa e, em geral, é achada ocasionalmente durante exames de imagem com outras finalidades diagnósticas”, diz a nota do hospital. A Polícia Civil do estado investiga o ocorrido.

 

 

COMENTE

São PaulográvidaSão Roque
comunicar erro à redação

Leia mais: Brasil