metropoles.com

Governo proíbe linguagem neutra em escolas e órgãos públicos de SC

Decreto do governador Carlos Moisés (PSL) veda o uso de expressões como “todes” ou “todxs”, adotadas como forma de inclusão

atualizado

Mauricio Vieira/Secom/Divulgação
Carlos Moisés (Republicanos), governador de Santa Catarina

Escolas e repartições públicas de Santa Catarina estão proibidas de usar linguagem neutra de gênero em documentos oficiais. Um decreto do governador Carlos Moisés (PSL) publicado na terça-feira (15/6) veda o uso de expressões como “todes” ou “todxs”, adotadas como forma de inclusão a pessoas que não se sentem representadas pelos gêneros masculino e feminino.

A regra vale, por exempo, para editais de concursos públicos e planos curriculares.

Leia a matéria completa no portal NSC Total, parceiro do Metrópoles.






Quais assuntos você deseja receber?