metropoles.com

Goleiro Bruno é garoto-propaganda de canil 10 anos após homicídio de Eliza

As imagens postadas nesta terça-feira na página do Instagram Friendsbullkennel provocaram forte reação

atualizado

Compartilhar notícia

Reprodução: Instagram
Goleiro-bruno1
1 de 1 Goleiro-bruno1 - Foto: Reprodução: Instagram

O goleiro Bruno Fernandes, condenado pelo assassinato de Eliza Samudio, virou garoto-propaganda de… um canil. A postagem, feita nessa terça-feira (23/06) na página do Instagram Friendsbullkennel, provocou forte reação, já que, na época do assassinato, testemunhas afirmaram que restos da modelo foram jogados para serem devorados por cachorros.

Veja:

0

Após tanta repercussão, o Friendsbullkennel acabou desativando os comentários. Mas no Twitter internautas seguiram criticando a ação.

O goleiro também postou as fotos em sua conta, onde permaneciam podendo ser acessadas na tarde desta quarta-feira (24/06).

Bruno foi condenado por 20 anos e 9 meses  por homicídio triplamente qualificado pela morte e ocultação de cadáver da mãe de seu filho, Eliza Samudio, em 2010.

“Simulação”

Em 2013, o delegado Edson Moreira, responsável pelo caso, afirmou que na realidade o que teria ocorrido foi uma “simulação”. Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, teria fingido jogar o corpo de Elisa aos cães para confundir as demais testemunhas presentes no sítio.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?