GO: preso por agredir a mãe, homem maltratava cães em supostas rinhas

Na casa do suspeito foram encontrados 13 animais em situação deplorável; tudo indica que os cachorros eram usados em lutas clandestinas

atualizado 03/05/2021 20:30

goias animais resgatados usados em rinhaArquivo Pessoal/Ana Paula Vasconcelos

Goiânia – Um homem foi preso no último dia 27 de abril por agredir a mãe em Cristalina, no Entorno do Distrito Federal. A situação já é grave e abominável por si só, mas piorou. A Polícia Civil descobriu que ele também era responsável por maus tratos a cães, estando ainda supostamente ligado a rinhas clandestinas.

Nesse domingo (2/5), foram resgatados 13 cães em situação deplorável na casa do homem. A denúncia foi feito pelo irmão dele e teve o apoio do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Segundo a advogada e integrante do Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal, Ana Paula Vasconcelos, que participou da ação, a maioria dos animais é da raça pit bull e, ao que tudo indica, eram usados em brigas.

“Eles estavam em uma situação degradante, bastante machucados e famintos. Pelos ferimento e pela forma agressiva que eles estavam, acreditamos que eles eram usados em rinhas. Quase todos não suportavam ficar perto uns dos outro. Tivemos que levá-los em carros separados, porque juntos eles brigavam muito”, disse Ana Paula ao G1.

“O que sabemos até o momento é que o dono dos animais foi preso há uma semana depois de ter agredido a própria mãe. Com ele preso, o irmão foi até a casa onde ele morava e encontrou os animais nessa situação”, completou a advogada.

0

Os animais foram encontrados presos em jaulas no quintal da casa. Não havia nenhum tipo de cobertura para protegê-los do sol e da chuva e eles também estava sem comida e sem água.

Após o resgate, os animais foram encaminhados a uma clínica veterinária, onde passaram por exames e, em seguida, para uma ONG de proteção animal.

Últimas notícias