GO: adolescente morre após cair da altura de 15 metros em cisterna

Garoto de 13 anos trabalhava em obra quando caiu; adulto tentou socorrê-lo, mas ficou preso também; após resgate, menino morreu no hospital

atualizado 13/06/2021 16:26

Resgate de adolescente que caiu em cisterna em Santa Helena de GoiásReprodução/Corpo de Bombeiros de Goiás

GoiâniaUm adolescente de 13 anos morreu, na manhã deste domingo (13/6), após cair de uma altura de aproximadamente 15 metros na obra de uma cisterna seca em um assentamento de Santa Helena de Goiás, no sudoeste do estado. Ele chegou a ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros, mas veio a óbito após dar entrada no hospital.

O menino trabalhava ao lado de um adulto de 50 anos na cisterna quando se desequilibrou e caiu dentro do buraco. O adulto que estava com ele desceu para tentar socorrê-lo, mas acabou ficando preso também. Ele gritou por ajuda e os vizinhos chamaram os bombeiros. O local fica ao lado da GO-164.

Os militares encontraram o garoto já desacordado e com dificuldades para respirar. O adulto, conforme o Corpo de Bombeiros, estava consciente, porém visivelmente desorientado.

Os militares utilizaram técnicas de salvamento terrestre e uso do tripé para retirar as vítimas do chão.

Após os primeiros procedimentos de reanimação e emergência, o adolescente foi retirado da cisterna e encaminhado para o Hospital de Urgências de Santa Helena de Goiás (Hurso). No entanto, ele não resistiu e morreu no início da tarde.

Veja fotos:

0
Outro caso

Outra situação parecida ocorreu no Entorno do Distrito Federal, em Luziânia, também na manhã deste domingo. Os bombeiros foram chamados para resgatar um homem de 51 anos que caiu de uma altura de 10 metros em uma cisterna quando andava por um lote baldio. O buraco tinha cerca de 1 metro de água.

O homem contou aos militares que não viu a cisterna e afundou terra adentro. Ele gritou a plenos pulmões, os vizinhos escutaram e acionaram os bombeiros.

Foram utilizadas técnicas de salvamento terrestre para o resgate. O homem estava consciente, de pé e reclamando de muito frio e dores lombares.

Ele não sofreu ferimentos mais graves e, após procedimentos de primeiros socorros, foi levado para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Luziânia.

Veja imagens do resgate:

0

Mais lidas
Últimas notícias