Felipe Neto e Whindersson pedem ajuda para vítimas de chuvas na Bahia

O youtuber Felipe Neto doou R$ 100 mil para ajudar as famílias que ficaram desabrigadas ap temporais

atualizado 10/12/2021 11:50

cidade tomada pela água da chuvaReprodução

O influenciador digital Felipe Neto doou, nesta sexta-feira (10/12), a quantia de R$ 100 mil para famílias vítimas das chuvas que perduram desde  terça-feira (7/12) no sul da Bahia. O comediante Whindersson Nunes também apelou aos seguidores para que ajudem e compartilhem a campanha.

As regiões de Itamaraju, Prado, Jucuruçu, Teixeira de Freitas, Porto Seguro, Itacaré e Canavieiras foram algumas das atingidas pelos fortes temporais, que já duram mais de 48 horas.

Assista no vídeo abaixo como está a situação das cidades atingidas:

Além de ter feito uma série de publicações pedindo ajuda para a região, Felipe Neto também cobrou o governador Rui Costa (PT) uma ação efetiva. “Por favor, governador Rui Costa, o senhor me segue aqui e sei que verá isso”, disse o influenciador, que conta com mais de 14,2 milhões de seguidores.

“O povo do sul do seu estado está morrendo pelas enchentes. Nova Alegria, Jucuruçu e cidades da região precisam desesperadamente de socorro. Por favor, assuma o resgate e auxílio urgente das pessoas!”, implora Felipe Neto.

Confira o post:

Whindersson está no Amazonas, segundo publicações recentes, mas diz que está angariando pessoas e ferramentas para ajudar os atingidos pelos temporais. “Orçando helicópteros para garantir que as doações cheguem, já chega! Estamos juntos nessa”, diz o comediante em um tuíte.

Veja a publicação:

Mortes

Na madrugada da última quarta-feira (8/12), um deslizamento de terra na rua Espírito Santo, em Itamaraju, causou três mortes na mesma família. As vítimas, que foram soterradas, eram duas crianças e um adulto. Ediel, de 26 anos, Cícero, de 9 e Ana Cecília, de apenas 4.

As crianças são irmãs e o homem é tio delas, de acordo com testemunhas. Tudo aconteceu por volta das 3h, enquanto a família dormia. Ao menos seis casas desabaram após o barranco deslizar.

O que diz o governo da Bahia

O governador Rui Costa (PT) confirmou que vai visitar a região do extremo sul do estado, onde estão os municípios atingidos pelas enchentes. “Assim que a água baixar, vamos fazer um levantamento detalhado de tudo que precisa ser reconstruído: estradas, pontes e casas que foram destruídas”, afirmou.

“Mas só dá para fazer esse levantamento depois que a água baixar, porque você precisa ver o estrago”, concluiu.

Rui disse ainda que já entrou em contato com alguns dos prefeitos e garantiu que o governo seguirá com a força-tarefa para levar ajuda humanitária às comunidades.

Mais lidas
Últimas notícias