Família com bebê que não pode enxergar cai em golpe de falso médico

O bebê nasceu sem o globo ocular direito e atrofia no olho esquerdo. A esperança é uma cirurgia que custa R$ 17 mil

atualizado 15/08/2022 13:42

Acervo pessoal

A mãe do Ravi Lucca, Keylla Ariane dos Santos Albino, foi vítima de um golpe. Um falso médico a procurou prometendo um tratamento milagroso para o bebê, de 4 meses e que não pode enxergar. O golpista disse que atuava em um famoso hospital de São Paulo e faria a cirurgia a um custo menor, mas para isso a família teria que pagar as passagens aéreas. A mãe, em desespero, acabou transferindo R$ 400 ao golpista.

“Esse tal doutor começou a me pedir dinheiro para ajudar nas passagens, eu enviei R$ 220. Agora ele falou que não estava conseguindo fazer a compra da passagem do Regi e eu enviei mais R$ 180. Depois, ele pediu mais R$ 350 para ajudar e eu disse que não tinha. Aí eu vi que era golpe”, contou a mãe aos prantos.

O bebê nasceu sem o globo ocular direito e atrofia no olho esquerdo, além disso as pálpebras não abrem. A esperança é uma cirurgia que custa R$ 17 mil.

Saiba mais no portal Banda B, parceiro do Metrópoles.

Mais lidas
Últimas notícias