Família acredita que morte de Bárbara, em Minas, tem mais suspeitos

Segundo a advogada da família, principal suspeito gesticulou “de maneira articulada nas ruas que tinham câmeras” para não levantar suspeita

atualizado 14/08/2022 12:20

Novos vídeos auxiliam reconstituição de últimos momentos de Bárbara VitóriaReprodução

A advogada da família de Bárbara Victória acredita que a sequência de violências que resultaram na morte da menina de 10 anos foi premeditada. A criminalista Aline Fernandes ainda aponta que existem indícios de que mais pessoas participaram no crime, a partir de levantamentos próprios realizados pelo escritório dela.

Em conversa com o BHAZ, a advogada Aline Fernandes conta que começou uma investigação defensiva, desvinculada à realizada pela Polícia Civil de Minas, para apurar as circunstâncias do assassinato da criança, que foi encontrada morta em Ribeirão das Neves após sair para comprar pão.

Leia a notícia completa em BHAZ, parceiro do Metrópoles.

Mais lidas
Últimas notícias