Falso médico engana família com exame para detectar câncer no futuro

O suspeito havia se apresentado para a família como médico patologista com doutorado

atualizado 31/07/2020 9:13

Um falso médico, de 38 anos, foi preso nessa quarta-feira (29/7) acusado de enganar a família inteira de uma tenente da Polícia Militar de Mato Grosso com exames para saber se eles poderiam ter câncer no futuro. O caso aconteceu em Cuiabá.

São quatro as vítimas, pertencentes à família da tenente, de 42 anos. A Polícia Militar foi acionada nessa quarta-feira (29), por volta das 19 horas, pela oficial PM com a informação de que ela estava sendo vítima de um golpe de estelionato.

Ao chegar no local, a equipe foi recebida pela tenente, que contou que o suspeito havia se apresentado para a família como médico patologista com doutorado e, no dia 11 de julho, coletou sangue da mãe da policial, da tenente e das duas filhas dela, cobrando o valor de R$ 200 por pessoa.

Leia a reportagem completa no site O Livre, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias