Ex-sogro suspeito de mandar matar pecuarista é preso novamente em Goiás

Cacildo Amaral foi detido no momento em que se apresentou na Delegacia de Investigações de Homicídios

atualizado 02/12/2020 15:05

O empresário Cacildo Amaral, de 70 anos, foi preso novamente, nesta quarta-feira (2/12), após se apresentar espontaneamente na Delegacia de Investigação de Homicídios de Goiânia (DIH), por volta das 5 horas da manhã.

Ele é suspeito de mandar matar o ex-genro, o pecuarista Agno Rainere, de 40, no último dia 30 de outubro, em São Miguel do Araguaia (GO).

A defesa do empresário afirma que recorrerá da decisão. Também nesta quarta, o Ministério Público anunciou que oferece denúncia contra seis pessoas acusadas de envolvimento na trama que culminou no assassinato.

Leia mais em Mais Goiás, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias