Ex-major da PM é condenado a 45 anos por sequestro e estupro de crianças

Decisão foi proferida na tarde dessa terça-feira (17/11). O militar também foi condenado por adulteração de sinal identificador de veículo

atualizado 18/11/2020 17:26

Divulgação/TV Anhanguera

O ex-major da Polícia Militar (PM) Cristiano Silva de Macena foi condenado a 45 anos e oito meses de prisão por sequestrar e estuprar duas irmãs, de 11 e 12 anos, em Rio Verde (GO).

O crime foi cometido em outubro do ano passado. O militar também foi condenado por adulteração de sinal identificador de veículo. Ele continua recolhido no presídio militar, em Goiânia (GO).

De acordo com o advogado assistente de acusação, Gilson Lima Costa, com a decisão, “as vítimas e os familiares se sentem um pouco reconfortados diante dessa condenação. Vamos estudar todos os pontos da sentença e, onde houver alguma possibilidade de aumento de pena, vamos interpor um recurso para aumentar a pena sim.”

Leia mais em Mais Goiás, parceiro do Metrópoles.

Mais lidas
Últimas notícias