Empresário é preso suspeito de abusar sexualmente da filha por 17 anos

Empresário abusou da vítima, de 25 anos, pela primeira vez quando a jovem tinha 8; abusos também ocorreram quando ela estava grávida

atualizado 17/03/2021 15:39

Violência contra mulherHugo Barreto/Metrópoles

Um empresário de Poços de Caldas, em Minas Gerais, foi preso na terça-feira (16/3) suspeito de abusar sexualmente da filha de 25 anos. O mandado de prisão foi expedido pela Justiça após representação da titular da Delegacia da Mulher.

Segundo o portal G1, o boletim de ocorrência diz que a vítima era abusada sexualmente desde que tinha 8 anos. Os abusos aconteciam na casa da jovem ou da avó. Ainda de acordo com o BO, ela contou que era ameaçada pelo pai, e que a primeira relação sexual ocorreu quando tinha 9 anos.

0

O boletim de ocorrência ainda relata que a jovem foi abusada sexualmente enquanto estava grávida. O empresário ameaçou não ajudar com as despesas de gravidez caso a filha não mantivesse relações com ele.

A denúncia foi feita depois que a mãe da vítima encontrou um pen-drive com filmagens dos abusos. Após o depoimento, a delegada pediu para que a Justiça emitisse um mandado de prisão. A vítima solicitou medida protetiva contra o suspeito, mas a decisão ainda não foi acatada.

O empresário de 73 anos está no presídio de Botelhos, também em Minas Gerais.

Últimas notícias