Empresário Antônio de Queiroz Galvão morre aos 96 anos

Fundador da construtora Queiroz Galvão ao lado dos irmãos, pernambucano faleceu após sofrer um AVC, em Recife

Queiroz Galvão/Divulgação

atualizado 19/01/2020 18:12

O empresário pernambucano Antônio de Queiroz Galvão, de 96 anos, morreu na madrugada deste domingo (19/01/2020), em Recife. Fundador da construtora Queiroz Galvão ao lado dos irmãos Dário, João e Mário, em 1953, ele faleceu após sofrer um acidente vascular cerebral (AVC).

Nascido em Timbaúba, na Zona da Mata de Pernambuco, Galvão mudou-se com a família para Recife ainda na infância. A empresa Queiroz Galvão foi investigada na operação Lava Jato.

O corpo de Queiroz Galvão foi velado às 12h. Às 17h, teve início o enterro, no cemitério Morada da Paz, em Recife.

Em nota enviada à imprensa, o Grupo Queiroz Galvão lamentou “com grande pesar” a morte do empresário, que não ocupava mais cargo na empresa.

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), disse, também em comunicado, que Queiroz Galvão “deixa legado importante na área da construção civil do nosso estado e do país. Neste momento, quero me solidarizar com seus familiares e amigos”, completou.

Geraldo Julio (PSB), prefeito de Recife, falou sobre a extensa trajetória do empresário. “Foi diretor de obras da Prefeitura do Recife e tem sua história de vida ligada ao desenvolvimento de Pernambuco e do Brasil, sendo responsável por criar a construtora responsável por algumas das principais obras estruturadoras que colocaram nosso estado no caminho do crescimento e pela geração de milhares de empregos”, declarou, em nota escrita.

Últimas notícias