Em depoimento, MC VK confirma que Kevin ofereceu dinheiro para sexo

À polícia, MC VK, amigo e empresário de MC Kevin, contou como foram as últimas horas ao lado do funkeiro

atualizado 18/05/2021 21:32

MC VK e MC KevinReprodução/ Redes Sociais

Rio de Janeiro – Victor Elias Fontenelle, conhecido como MC VK, se apresentou, em depoimento à polícia, como amigo e empresário do cantor Kevin Nascimento Bueno, o MC Kevin, de 23 anos, morto nesse domingo (16/5)

Na versão contada, a qual o Metrópoles teve acesso, VK afirmou que após o show na mansão do Imperador, em Madureira, na zona norte, ele, o funkeiro e outros amigos foram à casa do MC PK Delas, na Barra da Tijuca, na zona oeste. Lá, o grupo teria bebido e usado drogas, como MD e maconha.

Ao voltarem para o hotel, por volta de meio-dia de domingo (16), Kevin teria se desentendido com a esposa, a advogada Deolane Bezerra, por conta da diária do hotel, que precisava ser renovada. Na discussão, o funkeiro chegou a quebrar uma garrafa de cerveja no chão. Deolane, então, teria retornado ao quarto onde estava, no 13º andar.

Em seguida, Kevin, VK e mais três amigos decidiram ir à praia. Lá, conheceram a modelo Bianca Dominguez. Após conversarem e trocarem bebidas e cantadas, Kevin ofereceu, segundo Victor, um “presentinho” para a jovem, que topou “fazer uma aventura louca”.

0

 

Convidada para o quarto no qual VK estava hospedado, no 5º andar, Bianca aceitou e seguiu para o hotel. Já na unidade, ela e o empresário aguardaram Kevin por cinco minutos e, logo depois, acertaram o pagamento de R$ 2 mil para sexo com a dupla.

Após terminar o ato sexual, VK disse que seguiu para o banho enquanto Kevin insistiu em fazer sexo na varanda. Nesse momento, Jhonatan, um dos amigos do grupo, que tinha a chave do quarto, entrou e tentou participar.

“Que Kevin disse a Jonathan: ‘Sai fora se não vai me atrasar, porque vão ver muita gente aqui no quarto; Que Jhonatan não saiu do quarto e foi se esconder atrás das cortinas para ver o que estava acontecendo; Que o declarante (Victor) recebeu um mensagem pelo aplicativo WhatsApp informando que a Deolane estava perguntando sobre Kevin; Que
o declarante, preocupado que Deolane descobrisse, disse a Kevin: ‘Vamos tomar cuidado, vai moiá (nos complicar)”, diz texto do depoimento.

Ao sair do banho, VK contou que avistou Kevin se segurando no parapeito da varanda, tentando passar para o andar de baixo.  O cantor, então, teria escorregado e caído.

“Ao sair do banho, foi em direção a varanda pra ver se Kevin já havia terminado com Bianca para poderem ir embora; Que ao abrir a cortina, visualizou Kevin soltando o parapeito”, declarou.

Aos policiais, o empresário garantiu que não houve consumo de drogas ilícitas no quarto. Apenas Bianca havia pedido um espumante, servido por um garçom.

“O declarante respondeu que acredita que a única razão que poderia levar Kevin a passar para o quarto do andar de baixo era o receio de ser descoberto por Deolane”, disse, em depoimento.

Mais lidas
Últimas notícias