João Santana, marqueteiro de Ciro, é internado após princípio de AVC

Em vídeo, publicitário diz que está em recuperação e segue trabalhando na campanha do pedetista com aval médico

atualizado 10/08/2022 20:21

Divulgação/TV Cultura

O publicitário João Santana, que comanda a campanha de Ciro Gomes (PDT) à Presidência da República, precisou ser internado após apresentar um princípio de AVC (acidente vascular cerebral). A informação foi confirmada pelo próprio candidato ao Palácio do Planalto pelas redes sociais, nesta quarta-feira (10/8).

Segundo o pedetista, Santana “já superou o susto”. “Mesmo do hospital não parou um minuto e nos mandou este humorado vídeo. Ele segue conosco firme e forte na batalha pelo Brasil”, acrescenta o ex-ministro.

Na gravação, o publicitário defende que está em recuperação e segue trabalhando na campanha com autorização dos médicos. “Estou aqui me recuperando, já estou bem e estou aqui com autorização médica escrevendo algumas coisinhas”, diz.

“E como sei que vocês vão amanhã na Bahia, vão no Bonfim, em Irmã Dulce, mandem boas vibrações e orações para mim. Mas estou muito bem e vou ficar ainda melhor. Como sei que vocês vão lá no Mercado Modelo quero que digam aos meus amigos de roda de samba e de capoeira que breve eu estou lá jogando capoeira com eles, como estou sempre. Beijão”, finaliza.

Veja:

Ex-marqueteiro de campanhas presenciais do PT, tanto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva quanto de Dilma Rousseff, Santana também orquestrou campanhas vencedoras na Venezuela, de Hugo Chávez, em 2012, e Nicolás Maduro, em 2013.

O publicitário e sua esposa, Mônica Moura, foram condenados pela operação Lava Jato a mais de 7 anos de prisão por lavagem de dinheiro envolvendo negociações entre a empreiteira Odebrecht e o ex-ministro da Casa Civil Antônio Palocci.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
Publicidade do parceiro Metrópoles 4
Publicidade do parceiro Metrópoles 5
Publicidade do parceiro Metrópoles 6
Publicidade do parceiro Metrópoles 7
0

 

Mais lidas
Últimas notícias