FSB/BTG: Lula tem 45% das intenções de voto; Bolsonaro, 34%

Com a desistência de Janones, Lula teve crescimento de quatro pontos percentuais desde a última pesquisa, saindo de 41% para 45%

atualizado 15/08/2022 9:24

Lula e Bolsonaro em arte com fundo vermelho e azul Yanka Romão/Metrópoles

Dados da pesquisa BTG Pactual, feita pelo Instituto FSB e divulgada nesta segunda-feira (15/8), apontam que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem 45% das intenções de voto na disputa pela Presidência da República nas eleições de 2022. Jair Bolsonaro (PL) ficou com 34%.

Em comparação com a última pesquisa, realizada no início do mês, Bolsonaro permaneceu estável, com 34% das intenções de voto.

O estudo indica que Lula teve crescimento de quatro pontos percentuais desde a última pesquisa, saindo de 41% das intenções de voto, em 8 de agosto, para 45% nesta segunda-feira. A margem de erro é de dois pontos percentuais.

Os números correspondem ao cenário estimulado, quando uma lista de candidatos é apresentada aos eleitores. Os dados foram coletados entre os dias 12 e 14 de agosto.

Segundo o Instituto FSB, o crescimento do petista foi influenciado pela desistência de André Janones (Avante), que tinha 2% das intenções de voto nas últimas pesquisas. Ele retirou a candidatura e anunciou apoio a Lula.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
Publicidade do parceiro Metrópoles 4
Publicidade do parceiro Metrópoles 5
0

Ainda no cenário estimulado, Ciro Gomes (PDT) teve crescimento de um ponto percentual, saindo de 7% na última pesquisa para 8% no estudo atual. Por outro lado, Simone Tebet (MDB) teve queda de um ponto, saindo de 3% para 2% das intenções de voto.

Os demais candidatos – Felipe D’Ávila, Soraya Thronicke, José Maria Eymael, Vera Lúcia, Sofia Manzano e Leonardo Péricles – não pontuaram. Além disso, 5% dos entrevistados disseram que não votariam em nenhuma das opções, 1% votariam branco ou nulo, e 2% não sabem ou não responderam.

O estudo ouviu 2 mil eleitores, por telefone. A margem de erro é de dois pontos percentuais; o nível de confiança, 95%. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número BR-00603/2022.

Cenário espontâneo

No cenário espontâneo, quando não é apresentada uma lista de candidatos, Lula lidera as intenções de voto, com 41%. Bolsonaro aparece logo em seguida, com 32%. Ciro Gomes tem 3% das intenções de voto, e Simone Tebet, 1%.

Além disso, 13% dos entrevistados não sabem em quem votariam ou não souberam responder. Outros 5% não votariam em ninguém, e 4% votariam branco.

Mais lidas
Últimas notícias